A ida do Luiz Jorge ao paraíso

Oi, Antes de tudo muito obrigado pelo seu blog e pela sua atenção. No aeroporto de Santiago encontrei uns 3 casais que tinham...



Oi,

Antes de tudo muito obrigado pelo seu blog e pela sua atenção.

No aeroporto de Santiago encontrei uns 3 casais que tinham visitado seu blog e acho que escolheram o intercontinental por causa dele.

Bora Bora é indescritível, demos a volta na ilha e quando voltar lá (kkk, com certeza vamos voltar) pretendo ficar na rede Intercontinental; 3 ou 4 noites no Le Moana e 3 noites no Thalasso. A não ser que o Pearl Beach ou Le Meridien façam uma promoção muito grande.

Explico: ficamos 4 noites no Le Moana e passamos 2 tardes no Thalasso.

O Thalasso é mais luxuoso; tem aquele estilo lounge na praia, com uma piscina bacana com vista pro Monte Otemanu, bungalows sobre água esmeralda; muito bom pra relaxar, além do buffet do último dia, que estava excelente (camarões VG, risoto com azeite trufado, comida japonesa, pato, carneiro, etc).

Agora, a vista que eu tinha do bungalow 8 do Le moana eu não abriria mão.

O mar faz um gradiente de verde claro, azul claro, azul royal e acaba num azul marinho profundo. Absurdo e fantástico.

Acho que para aproveitar essa vista os melhores bungalows do Le moana são o 8, 9 e 10. Apesar do 11 ser o último da esquerda, com vista infinita, ela já está sobre um azul  mais escuro, vc tem de olhar para trás para ver essa gradação de cores, enquanto que nós podíamos ver deitados em nossa cama (rs). Isso é minha opinião. A única coisa a reclamar é que tem de pagar 500 francos por cada 30 minutos de internet, deveria ser de graça pra um hotel desses. Acho que estamos mal acostumados no Brasil.

Vamos voltar para te dar um relato completo.

Eu moro no RJ e escolhi viajar a a partir de SP, por que o voo estava mais barato. Então resolvi ir pra SP na véspera e dormir próximo ao aeroporto para não dar zebra e perder o voo.

Chegamos no aeroporto e fomos pegar o transfer do hotel. Estava demorando muito e fui pegar informações com os taxistas. Pedi pra minha esposa vir para mais perto com as nossas coisas.

Ela pegou nossas malas e esqueceu minha mochila. 

Resultado: levaram minha mochila com uma máquina fotográfica nikon D7000, filmadora e macbook air com todas as fotos de nossas viagens.

Passados uns 5 minutos eu dei falta da mochila e perguntei ao pessoal que estava perto. Umas garotas falaram que um cara com uniforme tinha pegado. Eu achei o cara e ele disse que tinha dado pra uma mulher, que afirmou que era dela. Eu dei uma pressão no cara, dizendo que tinha câmera filmando e iria levar ele pra polícia. Ele começou a se enrolar, dizendo que a mochila foi encontrada em outro terminal e que estava lá com uma amiga dele. Eu levei ele lá e peguei a mochila com tudo dentro, graças a Deus. Depois descobri que a tal garota era namorada dele.

Bom, passado esse susto o voo de Santiago pra Papeete atrasou mais de 5 horas.

O incrível foi que quando chegamos a Santiago o pessoal da LAN já sabia que iria atrasar e ficou calado. Um outro casal foi quem nos contou e disse que a LAN iria pagar o jantar. Na verdade eles deram uma carimbada no cartão de embarque, que dava direito a 6.500 pesos chilenos por pessoa para a janta, o que não cobria uma janta completa.

Chegamos em Papeete 5:10 da manhã e a funcionária da agência estava lá, firme e forte. Eu já tinha mandado um e-mail pra Amélia, avisando que a gente iria chegar 5 horas e que eu não iria fazer o check in em Papeete.

Vou entrar na justiça contra a LAN. Conhecemos 1 casal em Rangiroa que fez o pacote com a mesma agência por 2 semanas (graças a vc) e o voo deles, 1 semana antes, tb atrasou. A funcionária da LAN depois falou que um avião militar chinês foi para Papeete e não podia haver 2 aviões na mesma rota. A funcionária se recusou a dar qualquer explicação por escrito.

Depois foi só alegria. Sol com algumas nuvens todos os dias em Bora Bora.

A recepção foi muito boa no Le Moana, ganhei 1 camisa, minha esposa uma canga e recebemos espumante. Gostamos da comida, é muito bonito e aconchegante. Ele fica na ilha, no lugar conhecido por Matira point, mas parece que está sobre um motu.

Fizemos 3 passeios: alimentação das arraias e tubarões com almoço; jet ski e parasailing. Todos são muito bons, mas o parasailing é alucinante. Fizemos o duplo, por 25 minutos e vc vê Bora Bora como nas revistas ou helicóptero.

Com esses passeios vc dá a volta completa na ilha, passando por todos os resorts, o que é bom para ter uma visáo geral deles. O Hilton fica voltado para uma parte mais funda, há bungalows duplex com ofurô, mas com o mar mais agitado. O St Regis e o Four Seasons têm uma vista da montanha parecida com a do Thalasso, bem bacana. Saindo do aeroporto vc tem em sequência Le Meridien, Thalasso, Sofitel e Le moana. 

Rangiroa é o paraíso pra mergulhar. Fiz 2 mergulhos; já no primeiro mergulho apareceram 5 golfinhos ao mesmo tempo, um deles passou rente a mim, deu para tocar. A quantidade  e variedade de peixes é incrível, além das arraias manta, tubarões, arraias manteiga, peixes napoleão, atuns, tartarugas, moreias etc. As praias não têm areia, são de cascalho e é difícil de entrar no mar. Ficamos na pensão Raira Lagon, em um bungalow em terra, com ar e meia pensão. A comida era boa, simples, mas o problema é que no restaurante só falavam francês e a gente só inglês, mas deu pra se virar depois de umas poucas confusões. Tinha internet wi fi por 500 francos polinésios por toda a estadia, mas tinha de usar próximo ao escritório, pois o sinal era fraco.

Além do mergulho há uma fazenda de ostras para produção de pérolas negras. Muito interessante a visita. Depois tem uma loja com todos os tipos de preços. Eles estavam dando descontos de 35% a 50% em quase todas as peças. Segundo 1 casal que foi para Raiatea para comprar pérolas negras, em Rangiroa estavam mais baratas.

É isso.

Valeu

Abs.



COMPARTILHE

TAGS:

sobre a autora

Posts Relacionados

1 comentários

  1. Luiz Jorge,

    Muito obrigada pelo relato!

    Depois do susto em GRU e do atraso do voo vcs puderam, finalmente, curtir o paraíso.

    Fico feliz que tenham gostado!

    Um abraço ao casal e boas viagens!

    Andressa

    ResponderExcluir