Tahiti 2018

Esse ano, excepcionalmente, por conta da minha especialização, fui ao Tahiti em outubro.  Dos 14 dias que passei lá, duas tarde for...


Esse ano, excepcionalmente, por conta da minha especialização, fui ao Tahiti em outubro. 

Dos 14 dias que passei lá, duas tarde foram nubladas ou com chuva. E só. O tempo estava maravilhoso. Se eu recomendo viajar em outubro? Com certeza.

Meu roteiro foi:

Papeete - InterContinental 1 noite
Moorea - Hilton 2 noites e Sofitel 2noites
Taha'a - Le Taha'a 3 noites
Bora Bora - InterContinental Thalasso 5 noites 
Papeete - InterContinental 1 noite 

Dos hotéis supra, eu ainda não conhecia o Hilton Moorea e achei bem legal. Mas, ainda prefiro o Sofitel, que tem a praia mais linda da ilha, com vista para Papeete, cuja foto ilustra o post. Ah, e tem amenities Hermès (sim, eu ligo para essas coisas).

Eu estava muito animada porque sabia que alguns casais, leitores do blog, e uma casada viajando sem o marido (que super se arrependeu depois, não é Gianne?-  mas no fundo é bom porque você vai ter que voltar com ele) estariam por lá na mesma época (e até no mesmo voo!). 

Sempre estamos sozinhos nessa viagem anual, pois nunca coincide de amigos poderem ir conosco. E eu, que gosto de gente, fiquei bem feliz com a idéia.

Então, Gianne (de Vitória), Bianca e Marcos (de Botucatu e São Paulo), Jeane e Ashim (de São Paulo e Itália), Sonia e Cláudio (de São Paulo), saibam que os dias ficaram mais coloridos com a companhia de vocês, e que foi muito legal te-los por perto, cada um de um jeito, na minha oitava visita ao Tahiti. Desejo do fundo do coração que o retorno de vocês seja muito em breve e, oxalá, coincida com a minha viagem.

A Gianne já topou comigo no hotel em São Paulo. Aliás, para quem não mora em Sampa, eu acho super arriscado sair cedo da sua cidade e conectar com voo matutino a Santiago. Melhor ir no domingo, dormir em São Paulo e não ter perrengue no dia da viagem. 

Fomos no mesmo voo até o Tahiti. Só que houve um erro de percurso no aeroporto de Santiago e nos reencontramos apenas na hora do embarque. Gi, você sabia que a Bianca também passou pelo rolo da imigração e quase perdeu a conexão? Eu digo que o SCL é um circo e não é para menos. Todo ano tem confusão no embarque, na imigração, no acesso à sala vip, nas informações. Como na ida estamos todos bem-humorados (ou não, hein Ashim? hahah), a gente tira de letra.

Muita gente pergunta se deve incluir Moorea no roteiro e a resposta é: se a viagem for de uma semana, em vez de Moorea, escolha Taha'a, que é uma ilha mais paradisíaca, bem aquilo que a gente espera da Polinésia.

O Le Taha'a é um hotel de sonho, com o jardim de corais mais lindo do Tahiti. Sou fã de carteirinha. Nunca conheci alguém que não tenha se encantado.

Bianca, vou poupar os leitores das nossa peripécias na lagoa/corais/arraias porque mico a gente não compartilha, certo? Somos uuuultramarítimas! #sqn

De outro lado, todas as manhãs uma oriental passava na janela do meu bangalô e ia muito, muito longe, com seu stand-up paddle. Ah, Jeane, ano que vem aprendo a pela menos ir para a frente! Serviu de inspiração.

Depois de três lindos dias em Taha'a, o destino foi Bora Bora. SEMPRE sentem do lado esquerdo do avião, ok? Nos voos internos não há lugar marcado, então dá para escolher os assentos.

Bora Bora dispensa adjetivos ou apresentação. Para mim é a ilha mais mágica. Não importa quantas vezes tenha ido, sempre me emociono na chegada. 

Onde ficar em Bora Bora? No InterContinental Thalasso, sem resquício de dúvida. Já me hospedei em todos os hotéis da ilha e acho que o Thalasso é imbatível. Nem o novo Conrad ou a bandeira Four Seasons conseguem tirar o posto de favoritíssimo do meu coração.

Todos os jantares em Bora Bora foram animadíssimos por conta da companhia da Bianca e do Marcos. E dá-lhe Pina Colada...haha. E obrigada por ter ido comigo visitar a mansão que custa apenas 10 mil USD a diária. Maybe next life.

Vou atualizar informações sobre os hotéis nos respectivos posts, e logo vou juntar os relatos dessa turminha ímpar que conheci por lá. Também vou falar sobre essa casa para locação.

Se o Tahiti habita os teus sonhos, invista nisso. É mágico e inesquecível. E se estiver planejando, conte comigo para te ajudar a ter a melhor viagem gastando menos.

Desejo dias azuis a todos nós. 

Beijos, 

Andressa




COMPARTILHE

TAGS:

sobre a autora

Posts Relacionados

1 comentários

  1. Oi Andressa, parabéns pelo blog ! Estou começando a planejar minha ida para Julho/19. Pensei em fazer exatamente igual a esse seu último roteiro, apenas trocando Moorea por Rangiroa. Pode me enviar por gentileza dicas de quartos para 1 casal e 2 crianças e também passeios. Obrigado

    ResponderExcluir