Taha'a, a ilha da baunilha e do mais polinésio hotel do Tahiti, o Le Taha'a

     Após duas noites no InterContinental ...
























     Após duas noites no InterContinental Moorea, precedidas por outras duas no The Brando, partimos para a ilha da Taha'a, vizinha de Raiatea e ambas muito próximas a Bora Bora, por outras duas noites.


     Já havíamos passado por Taha'a em 2013, com o navio Paul Gauguin (que possui um motu, pequena ilha privada onde os navegantes podem passar o dia) e em 2010, em escala, a caminho de Bora Bora.


   Sempre tive curiosidade em conhecer o Le Taha'a. Muitos dos meus leitores estiveram na ilha e no hotel e escreveram contanto maravilhas (tem bastante informação nas postagens mais antigas do blog). Então eu, que ando sendo chamada de nativa, tinha que ir lá ver!


     O Le Taha'a tem suas peculiaridades. É um hotel relativamente pequeno. Ao todo são 45 bangalôs. A localização é estratégica: tem bangalôs sobre a água com vista para o pôr do sol, outros para ilha de Bora Bora, bem como alguns bangalôs na areia. Os proprietários são locais e é o único da Polinésia Francesa que faz parte da Relais e Chateaux.


     O acesso do aeroporto de Raiatea ao hotel leva, em média, 40 minutos de barco. Soube que tentaram construir um aeroporto na ilha mas, os locais se opuseram. Ainda bem. Raiatea é logo ali.


     Nosso bangalô tinha vista para a ilha de Bora Bora. Um espetáculo. Mas o que eu gostei, mesmo, foi o estilo, não só do bangalô, mas do hotel em geral, pois é fiel à cultura local. Os gigantes de Bora Bora construiram hoteis mais internacionais. Esse não! Além disso, 90% dos funcionários são polinésios, e vou contar a vocês que são tão receptivos e cordiais como nós, brasileiros.


     Há três restaurantes no Le Taha'a: um onde são servidos o café e o jantar, outro apenas para jantar (mais requintado) e outro, ao lado da piscina, para o almoço. Meu preferido é o primeiro, que parece uma casa na árvore. Comida regional e internacional, tudo sempre muito gostoso.


     Pertinho da piscina está localizado o jardim de corais mais lindo de toda a Polinésia Francesa. E os hóspedes podem ir até lá nadando ou caminhando. Corais coloridos incontáveis e uma infinidade de peixes, de variados tamanhos e cores, além de moréias e filhotes de tubarão galha preta. Tem que levar câmera subaquática!!!

     
   Todo esse cuidado para manter a tradição polinésia, o atendimento extremamente cordial, aliados ao lugar de águas mornas e cristalinas, me trouxeram encantamento.


     Nota 10 ao gerente geral, Julien, que costuma acompanhar os hóspedes, na chegada, até o bangalô e é extremamente simpático e prestativo. Quando contei sobre o blog, percebi o interesse em saber como é nossa visão sobre o Tahiti e soube, também, que ele já esteve por aqui e gostou muito.


     Também preciso falar da Kahina, uma jovem de Bordeaux que auxilia Julien, e que tirou umas horinhas para me mostrar todos os bangalôs do hotel (sempre quero ver!), o SPA e os cantinhos mimosos do Le Taha'a.


     Falando em pessoas, por acaso encontrei a Simone e o Leonardo por lá, casal muito gentil de SP que viajou com as minhas dicas. Foi bem legal! Meus vizinhos de bangalô, inclusive.


     Aos que viajam ao Tahiti via Chile (voo semanal), sugiro, como alternativa, uma noite (obrigatória) em Papeete, duas em Taha'a (em vez de Moorea) e quatro em Bora Bora.


     O Le Taha'a traduz bem a magia do Tahiti, além de estar em uma das mais belas ilhas do pacífico. Totalmente aprovado!!!


Ps.1: todas as fotos são minhas!

Ps.2: próxima postagem sobre o passeio privado em Taha'a, de jipe e barco, com direito a almoço em motu e mergulho com arraias, tubarões.











COMPARTILHE

TAGS:

sobre a autora

Posts Relacionados

8 comentários

  1. completamente encantada com as fotos e com o post!!! nossa, deve ser incrivel estar numa ilha paradisiaca onde se pode acompanhar a cultura local. Amei, Dinda!

    Zellany Caldas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida,

      Vc ia curtir muito esse hotel e o astral dele, tenho certeza.

      Eu acho que já está na hora de começarmos a programar seu retorno...hehehe.

      Beijos,
      Andressa

      Excluir
  2. Olá querida,

    Nesse hotel eles oferecem a opção de meia pensão ??

    grata Juliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, oi!

      Sim, oferecem e é sempre uma boa pedida para não levar sustos na hora de escolher a comida. Um prato de penne, por exemplo, pode custar 25 euros. Pois é!

      Beijos,
      Andressa

      Excluir
  3. Querida Andressa, bom dia!
    Estou amando seu blog! Quantas dicas maravilhosas e que leitura agradável! É de encher os olhos! Parabéns!
    Em setembro irei pra minha tão sonhada lua de mel na Polinésia!
    Queria muito dicas de passeios e hotéis com os preços.
    A princípio estávamos pensando em uma semana, mas agora que conheci seu blog, eu quero mais! rs
    Segue meu e-mail: samialott@gmail.com
    Brigadíssima!
    Sâmia

    ResponderExcluir
  4. Oi Andressa, tudo bem? Eu e meu noivo passaremos a Lua de Mel na Polinésia Francesa em Novembro/2015, e queria muito esclarecer algumas dúvidas contigo, a respeito dos translados entre as ilhas (Papeete, Moorea, Bora Bora e Rangiroa). Por favor, você pode entrar em contato comigo via e-mail para conversarmos? Meu e-mail é cinara.veeck@hotmail.com
    Desde já agradeço e aguardo seu contato!

    ResponderExcluir
  5. Oi Andressa! Parabens pelo blog! Quero passar minha lua de mel em bora bora e moorea e queria dicas mais detalhadas sobre alternativas de voos e agencias pra fechar o pacote. Poderia me ajudar? Meu email: lauravinagre@yahoo.com
    Obrigada!! Beijos, Laura

    ResponderExcluir
  6. Ola, estou indo para o le taha'a em dezembro. Antes estarei em moorea. Vou pegar um voo de moorea para raiatea. Voce sabe se o hotel tem traslado do aeroporto de raiatea para lá? Como,faz para contratar esse serviço? Horarios dos barcos, etc... Tem algum site que eu possa encontrar essas informaçoes? Obrigada, Sandra

    ResponderExcluir