A semana da Ana, em abril de 2013, no Tahiti

Oi Ana,  Muito obrigada por lembrar de mim, mesmo depois de quase um ano.  Não tem como não amar o Tahiti, certo?! Na próxim...





Oi Ana, 


Muito obrigada por lembrar de mim, mesmo depois de quase um ano. 


Não tem como não amar o Tahiti, certo?!


Na próxima, quem sabe, você vai de navio ou experimenta o The Brando, em Tetiaroa.


Beijos e muitas felicidades. Desejo que vc volte todo ano para lá. E eu também...hehe!


Andressa.






Eu estou um pouco atrasada, mas não poderia deixar de fazer o meu relato sobre o Tahiti! Assim que comecei a procurar informações na internet, eu achei o seu blog, e junto com ele todas as informações que eu precisava para programar a viagem. Além disto, ainda tive a sua ajuda para montar o pacote junto com a agência do Tahiti. Confesso que fiquei com um pouco de medo de fechar com uma agência tão distante, mas eles são muito profissionais, e não tivemos nenhum problema. Foi tudo perfeito!

Nós compramos as passagens em setembro/2012, pela TAM/LAN, pois queríamos conhecer também a Ilha de Páscoa. O preço pelo expedia foi bom, mas para a nossa surpresa o valor da passagem não foi debitado no nosso cartão de crédito. A viagem seria apenas em abril, e estávamos preocupados, pois se a companhia aérea cancelasse a nossa reserva teríamos que fazer novas reservas, e a esta altura o preço da passagem pelo Chile já tinha aumentado. Nós tivemos que fazer várias reclamações para resolver o problema antes da viagem: TAM, Expedia, administradora do cartão, e até com o gerente do banco! Mas acabou dando tudo certo. 

O vôo de ida pelo Chile é bem cansativo. São várias horas no aeroporto de Santigo, e mais uma parada na Ilha de Páscoa. 

O nosso roteiro foi exatamente o que você sugeriu: ficamos 7 noites, na rede Intercontinental nas 3 cidades (1 em Papeete, 2 em Moorea e 4 em Bora Bora - nesta última em dois Intercontinentais, o Le Moana e o Thalasso), com meia-pensão em todos, aéreo inter ilhas, transfers e 3 passeios incluídos. Além disto, também aproveitamos a dica do cartão Ambassador, e tivemos upgrade de categoria em todos os hotéis, além de diversos brindes, água mineral, e frutas. 

Em Moorea nós ficamos em um bangalô na areia, de frente para a praia, e no primeiro dia aproveitamos a tarde pra conhecer todo o hotel. A água em volta do Intercontinental não tem aquele azul maravilhoso que representa o Tahiti, mesmo assim ficamos encantados com o lugar. No dia seguinte fizemos um passeio de barco, com direito a mergulho com tubarões, arraias, e almoço em uma praia. Foi uma delícia! Voltei apaixonada pela culinária local! 

No terceiro dia nos despedimos de Moorea e voamos para Bora Bora. Assim que desembarcamos já ficamos impressionados com a cor da água! É realmente maravilhosa! 

Nossa primeira parada foi no Intercontinenal Le Moana. O hotel é menor do que os outros, mas muito bonito. Além disso, os funcionários são muito simpáticos, principalmente as meninas da recepção. Aproveitamos a tarde para mergulhar em volta do nosso bangalô, e relaxar no deck privativo. Apesar de termos ficado em um bangalô virado para o pier em que chegam os hóspedes, não tivemos problemas com barulho. Para quem gosta de curtir a natureza sem ruídos produzidos pelo homem, Bora Bora é perfeita!

Na manhã seguinte fizemos o segundo passeio de barco. Arraias e tubarões, e corais maravilhosos! Para terminar, almoçamos churrasco em um motu. 

O último passeio que tínhamos reservado foi a volta a ilha com jet ski, mas para nosso azar o dia seguinte amanheceu bem fechado. Eu pensei em desistir, mas é claro que este seria o passeio preferido do marido, e eu acabei indo junto. Assim que saímos caiu a maior chuva, que chegava a doer quando batia no rosto. O passeio para mim virou um programa de índio, mas até hoje ele diz que foi o melhor dia da viagem! Depois de um tempo o guia resolveu parar perto de um motu para esperar a chuva passar um pouco. Nesta hora meu marido parecia uma criança de tão feliz! E eu acabei me rendendo e aproveitando o banho de chuva mergulhada na água quentinha. Até hoje ele fala que este foi o melhor passeio da viagem! 

Voltando do passeio fomos pegar nossas malas e partimos para o Intercontinental Thalasso!!! O bangalô era enorme, e lindo! Este hotel é fantástico! E o melhor de tudo foi não termos reservado nenhum passeio para os dois dias em que ficaríamos lá. Assim pudemos aproveitar a piscina que tem a melhor vista de toda Bora Bora, andamos de caiaque, fizemos stand up paddle. O café da manhã foi o melhor que eu já vi até hoje. Eu ainda consegui ver um casamento realizado na capela do hotel! 

Eu achava que o Tahiti era um destino para casais, mas vi várias famílias com crianças, e até um casal com um bebê. O único hotel sem crianças foi o Le Moana. Isto me deixou bem feliz, pois pretendo continuar visitando lugares exóticos mesmo depois que tiver filhos.

Na hora da despedida aproveitei para tirar mais algumas fotos no final de tarde, e a sensação de ir embora sorrindo e se sentindo leve foi boa demais! Uma funcionária da recepção nos acompanhou até o pier, e ficou acenando mesmo quando o barco já estava bem longe...a simpatia de todos tornou o lugar ainda mais especial!

Agradeço à Andressa por ter me ajudado na escolha dos hotéis e passeios. A viagem não teria sido a mesma sem a sua ajuda!

Que possamos voltar mais vezes a este paraíso!

Beijos!

COMPARTILHE

TAGS:

sobre a autora

Posts Relacionados

0 comentários